quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Impunidade

Não existe maior doença neste país que a prática da impunidade que nos envergonha e faz do povo brasileiro se transformar em verdadeiros imbecis.Aos poderosos aplicá-se o carinho da lei, o benefício, as facilidades, as trocas de favores, e o uso corrupto das generosidades, onde cada vez mais a nação fica dividida, diminuída e a sua posição perante o mundo ridicularizada. Aos pequenos não, aplica-se a lei com todo o rigor, para provar a moralidade e a integridade dos poderes constituídos.Eu pergunto? O que aconteceu a José Sarney, Roseane Sarney, Jader Barbalho, Collor, Antonio Carlos Magalhães (esse já se foi, para o bem do Brasil),o juiz Nicolau , a turma do mensalão e tantos outros, nada, absolutamente nada.Muito pelo contrário, foram premiados, muitos assumindo funções relevantes neste país, só o juiz é que está repousando em casa com a sua remuneração extremamente generosa sendo paga em dia,não tenho certeza, mas neste país tudo é possível.O considero verdadeiro gênio, roubar cento e sessenta milhões de reais do país, sem ser molestado por nenhum órgão federal, (Banco do Brasil, Receita Federal, Banco Central e a Polícia Federal). Sendo descoberto graças ao genro que o denunciou, caso contrário estaria até hoje no poder.Não sei , se o que ocorre no meu país é fruto da sua origem , como já afirmava o professor Roberto Campos: o nosso caldo cultural ( cultura Ibérica-Privilégios;cultura Africana-Magia e a cultura indígena-indolência), para impor ética nesta nação não é fácil.Até quando esta safadeza vai durar, não sei dizer, somos um povo que utilizamos a violência justamente naqueles que nenhum mal nos proporcionou e não exigimos nada para impedir que está corrupção desenfreada acabe. O que aconteceu agora em Brasília, está acontecendo, em outros lugares, isso não tenho a menor dúvida.O ambiente político no Brasil é o caminho mais fácil para a prática do enriquecimento ilícito. Precisamos impedir que esses homens permaneçam no poder, interferindo e definindo os caminhos que a nação brasileira deve seguir.Se fôssemos, listar, nominalmente os infratores deste país, se faz necessário criarmos um banco de dados, com grande área de armazenamento para suportar a imensa carga de informações.Por sinal é uma ideia interessante, onde poderíamos disponibilizar para o mundo, a relação de homens que tanta perversidade tem cometido com o povo brasileiro.Precisamos urgentemente convocar a sociedade brasileira, para exigir que este absurdo, que estár se agigantando de forma vergonhosa e comprometendo as gerações atuais e futuras em não acreditar na nossa justiça , pelo menos se reduza, a níveis aceitáveis, já que não podemos controlar todas as ações desses cafajeste que estão em várias posições nos três níveis de governo(federal ,estaduais e municipais). Comprometendo o comportamento dos nossos jovens e colocando em risco a democracia que foi conquistada com tanto sacrifício pelo povo brasileiro.

8 comentários:

  1. “Impunidade do ponto de vista técnico, a impunidade consiste no não-cumprimento de uma pena por alguém FORMALMENTE CONDENADO
    em virtude de um delito”

    Se a impunidade decorre da não-aplicação de uma pena, ela só vai existir quando o processo estiver concluído. Essa frase relata exatamente o que acontece em nosso país, situação essa que além de inadmissível é vergonhosa.
    Estamos sempre servindo de exemplos negativos para outras nações, diversos casos de impunidade acontecem aqui e somente aqui no Brasil.
    A Human Rights Watch, uma organização de defesa dos direitos humanos, criticou duramente os atos impunes na justiça brasileira. Segundo a ONG, os abusos aos direitos humanos no Brasil são significativos, pois no país há muita impunidade e há ainda a falta de acesso à Justiça. Afirmou ainda que os policiais são muito corruptos e que as condições das prisões brasileiras são muito ruins.
    E quando falamos de impunidade, não vale a pena nem citarmos, os políticos, perderíamos muito tempo de nossa vida, e escreveríamos muito, enquanto nos questionando o porque eles não sofrem as penas que merecem!

    Fiquei feliz, pois me lembrei do elogio que você havia me feito sobre meu comentário e em seguida havia falado: “Irei escrever um artigo sobre Impunidade”.
    Espero ter colaborado em algo!!!

    Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  2. No que se refere a impunidade,o Brasil,tão bem se coloca no topo de rabugice, não que queiramos, mas que os nossos próprios governantes tão vergonhosamente,parece fazer questão de demonstrar.Somos uma nação carente de recursos,não me refiro aqui de bens materiais,mas,de empregos dignos áqueles que tanto precisa para sustentar sua familia,tendo dignidade,estudo para seus filhos e um lar tranquilo,onde pudessem ter paz e tranquilidade.

    ResponderExcluir
  3. Walquênia silva3 de junho de 2014 14:52

    Não é de hoje que a impunidade reina em nosso país, sendo no meio político o lugar onde mais se expressa. Numa sociedade competitiva onde existem pessoas que enganam, iludem uma as outras para se conseguir vantagens na vida, a falta de punição faz tornar uma sociedade corrupta. Entretanto, uma das soluções para essa indagação era dá punições mais rígidas para aqueles que infligem a lei, sem medo de punir de forma integral todos os que agem de forma ilícita estando no poder e fora dele, a fim de manter uma autoridade por parte da sociedade brasileira, e fazer com que o Brasil cresça de uma forma legitima e seja exemplo para outros países.

    Walquênia Silva de melo,
    Administração - RF, 7NA.

    ResponderExcluir
  4. Numa sociedade regida por Leis, regras instituídas para assegurar os direitos e os deveres dos cidadãos, observa-se uma prática vergonhosa, a “Impunidade”. A sociedade estar cansada de ver e rever constantemente notícias de desvio de dinheiro público praticado por políticos corruptos e estes gozam de privilégios e brechas na lei, como a famosa “imunidade Parlamentar” para ficarem em liberdade, rindo da incompetência por parte daqueles que deveriam puni-lo. A Impunidade é uma doença que assola uma sociedade, que é causada pela corrupção, causa prejuízo em todos os setores produtivos, geram sentimento de que a aplicação das penas e a morosidade e as Leis excessivamente protetivas ao criminoso estão esfacelando a sociedade deixando-a desacreditada, fazendo com muitos trilhem esse caminho maldito. É muito fácil atribuir essa imagem de brasileiros corruptos ao histórico de sua colonização, mas o que tem que ser visto é que todos somos racionais e entendemos o que é certo e errado, praticar, isso depende de cada um. Combater a impunidade através da reforma do Código de Processo Penal, e principalmente na “autonomia e independência” das policias civil, militar com poder para executar suas funções, livrando-se do cargo de chefia por indicação e beneficiando funcionários de carreira eliminando a famosa troca de favores, proporcionando aos cidadãos, confiança no cumprimento da lei.

    ResponderExcluir
  5. Numa sociedade regida por Leis, regras instituídas para assegurar os direitos e os deveres dos cidadãos, observa-se uma prática vergonhosa, a “Impunidade”. A sociedade estar cansada de ver e rever constantemente notícias de desvio de dinheiro público praticado por políticos corruptos e estes gozam de privilégios e brechas na lei, como a famosa “imunidade Parlamentar” para ficarem em liberdade, rindo da incompetência por parte daqueles que deveriam puni-lo. A Impunidade é uma doença que assola uma sociedade, que é causada pela corrupção, causa prejuízo em todos os setores produtivos, geram sentimento de que a aplicação das penas e a morosidade e as Leis excessivamente protetivas ao criminoso estão esfacelando a sociedade deixando-a desacreditada, fazendo com muitos trilhem esse caminho maldito. É muito fácil atribuir essa imagem de brasileiros corruptos ao histórico de sua colonização, mas o que tem que ser visto é que todos somos racionais e entendemos o que é certo e errado, praticar, isso depende de cada um. Combater a impunidade através da reforma do Código de Processo Penal, e principalmente na “autonomia e independência” das policias civil, militar com poder para executar suas funções, livrando-se do cargo de chefia por indicação e beneficiando funcionários de carreira eliminando a famosa troca de favores, proporcionando aos cidadãos, confiança no cumprimento da lei.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Quando eu ouvi a cantora Ana Carolina recitar um poema dela que dizia mais ou menos isso: " - Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba." Parei pra pensar na moral dos brasileiros, moral que eu falo, não é aquela que a polícia usa pra prender o ladrão de galinhas que pulam os muros da cidade, a moral que eu falo é daquele conjunto de regras adquiridas através da cultura, da educação, da tradição e do cotidiano, que aos poucos a gente tá perdendo, perdendo porque colocamos a culpa nos políticos, ok?! Entendo a parcela de culpa deles e a revolta do povo também, mas se pararmos pra pensar: o que esperar de pessoas que roubam milhões de pessoas trabalhadoras, que acordam cedo e saem pra batalhar o salário do mês, o que esperar de gente que guarda dinheiro na cueca e se passa de Super-Heróis? Educação vem de berço, mas não culparei a mãe do José Sarney, muito menos a mãe do Fernando Collor, eu tenho que culpar a população que vê toda a sujeira e ainda assim aceitam esses bandidos no poder, porque quem rouba, não importa o que, pra mim é bandido e deve pagar pela impunidade cometida. Quem pagou a conta das famílias que ficaram sem o pai porque cometeu suicídio por causa do "brilhante" Plano Collor? E mesmo assim até hoje tem gente que apoia o que ele fez! Vamos dizer não a impunidade, vamos exigir que ela exista, não podemos baixar a cabeça e dar a desculpa que desde que o Brasil foi descoberto que vem assim, carácter não é e nem nunca vai ser hereditário, ACORDA BRASIL!

    Aluna da 7NA - Floriano Peixoto

    ResponderExcluir
  8. A impunidade no Brasil não é a única, mas a mais importante causa do aumento da criminalidade no País.
    Uma vez que os pequenos delitos não resultam em prisão e os crimes hediondos ficam impunes graças às brechas das leis que beneficiam os criminosos; uma vez que não temos prisão perpétua, nem pena de morte, mas temos prisão domiciliar para crimes por motivos torpes, não estaria nosso País estimulando a violência ao invés de combater?
    Se tivéssemos um bem sucedido programa de combate ao crime, toda e qualquer violação da lei, desde os delitos mais leves aos mais graves seriam tratados com igual importância e ao invés de ficar impune teria uma pena com caráter punitivo, exemplificativo e pedagógico para inibir outras transgressões da lei e o aumento da criminalidade.
    Não bastasse a enorme quantidade de recursos legais que provocam uma impunidade generalizada no País, entre eles a prescrição do crime, penas alternativas, a morosidade da justiça na qual um processo pode ficar parado por tempo indefinido, prisões em selas especiais, responder em liberdade, prisão domiciliar, auxílio reclusão... este é ainda pior, um indivíduo comete um crime hediondo e ainda recebe uma graninha por pagar sua dívida com a sociedade, ainda temos as famosas saídas temporárias, vulgarmente conhecidas como “saidinhas” que fazem com que grande número de presos saia da prisão em dias festivos, destes muitos vão para a rua cometer mais crimes e grande parte não volta para a prisão, estes são alguns exemplos entre tantas outras ações que beneficiam quem comete crimes no Brasil.
    Precisamos votar conscientes e tirar esses corruptores do poder.
    Vamos acordar Brasil!

    Isadora Silveira.
    Aluna da 7NA- Floriano Peixoto

    ResponderExcluir